22 de ago de 2013

Pa pum. Assim é o haicai



Sou apaixonado pela cultura oriental, principalmente a japonesa. Possuo em minha casa, desde livros garimpados na livraria Sol, do bairro Liberdade, em São Paulo, até jogos-americanos, louça em cerâmica, objetos de decoração e por aí vai.

Quando pensei em fazer um post para os papéis de seda que desenvolvi e produzi para a marca de roupas e acessórios femininos SATIKO + ISABEL, logo pensei em envolver o trabalho em uma atmosfera oriental. 

Fotografei então os papéis imersos dentro de xícaras de porcelana. Cada qual, em sua xícara.
Foram três as cores dos papéis produzidos - duas delas, por sinal, cores da bandeira japonesa: vermelho, branco e preto. Por não ter no momento as folhas brancas, fotografei apenas a vermelha e a preta.

Note que o logo da marca foi impresso em toda a extensão da folha, tom-sobre-tom.
Para ilustrar o trabalho, pensei logo nos poemas Haicai. Curtos e precisos, vão direto ao coração Respirei fundo, busquei inspiração e escrevi. Se é haicai, não sei. Deixo a questão para os especialistas de plantão:

Céu de brigadeiro.
Montanha de gelo. Açúcar de confeiteiro
A gueixa esperando o guerreiro.















Para complementar o trabalho, apresentarei um desenho que fiz, de forte inspiração oriental. Usei lápis crayon sobre papel branco texturizado.





Esta ilustração, por sinal, virou um lindo tecido jacquard que desenvolvi produzi para minha coleção de cunho autoral. Logo, logo ele poderá ser visto em uma das bolsas exclusivas que estou produzindo.

Peguei carona nas xícaras para apresentar também os galões penduradores de roupa que desenvolvi e produzi para a marca. São duas as variantes: fundo preto e fundo branco.








E para fechar esta nossa saga com chave de ouro, apresentarei um lindo jardim (japonês) encantado que descobri ao passar em frente ao quartel general da polícia militar, no bairro da Luz, em São Paulo. Sim, dentro do quartel existe um belo jardim japonês. Veja você com seus próprios olhos.



















Recado do dia: Entre o corpo bombado ou a mente sarada, fiquei com a segunda opção.


Nenhum comentário:

Postar um comentário