30 de jun de 2011

Jardim encantado: pode apanhar uma flor que não é pecado

A Alcaçuz incumbiu-me de desenvolver um tecido floral. Partimos de uma imagem do acervo de pesquisas do cliente e a recriamos no jacquard, com fundo em fio de algodão cru e o bordado em uma profusão de flores em tons de cereja e preto, com suas folhas em havana.


O resultado foi uma coleção de casacos e casaquetos florais, que desfilaram nas araras de suas lojas exalando um cheirinho de flores  do campo no ar.


Um dos casacos feitos ganhou editoriais  nas conceituadas revistas MAG e TPM.

28 de jun de 2011

Combo: criação de logo + confecção de etiqueta

Certa vez, fui chamado por um empresário de Higienópolis que estava inaugurando uma loja na Rua Oscar Freire. Ele já tinha o nome da marca MKM, mas ainda não havia desenvolvido o logo. A princípio - como não me conhecia - fui chamado apenas para orçar uma possível etiqueta. Acabei saindo de lá com a incumbência de criar o logo e - em contra-partida - produzir as etiquetas. Foi uma proposta tipo 2 x 1: você cria o logo e eu levo a etiqueta para a loja. Desafio aceito; criação de logo aceita; etiqueta produzida!

26 de jun de 2011

Olhos de gato sinalizam os caminhos da moda

Criei, juntamente com a designer de acessórios Giovana Hasler, para a sua marca  homônima na época, um tecido deslumbrante, estampado com gatos de olhos brilhantes.


Utilizamos o fio lurex em diversos tons para darmos este efeito ao tecido. O resultado foi uma sucessão de gatos com olhos vermelhos, azuis, verdes e até dourados que enfeitaram casacos, sapatos e bolsas da marca.

 
Para tornar este trabalho ainda mais expressivo, criamos um tecido para ser usado internamente nas bolsas, utilizando para isto os mesmos gatos associados ao logo Giovana Hasler e à pequenos pontinhos (pois) utilizados como fundo do tecido.


Tudo muito lindo e mágico, bem como o universo da estilista. Hoje ela pilota o departamento de acessórios da marca 284.

Giovana Hasler

24 de jun de 2011

Jogo americano com cheirinho de pão francês

Um projeto. Um sonho. Uma realização. Foi assim que surgiu a Vila São Paulo: um misto de padaria, confeitaria, restaurante self-service e pizzaria, na cidade de Araçatuba, SP.


Tudo foi concebido e planejado para alçar o empreendimento a uma categoria de alto-nível. Do projeto arquitetônico, passando pela criação do logo e concepção visual do espaço físico e dos produtos, tudo foi milimetricamente feito sob a ótica do refinamento e o cheirinho do bom gosto.


Ajudei na concepção do logotipo e também em pequenos/grandes detalhes que fazem a diferença, como a idealização da calçada com o desenho do mapa do estado de S. Paulo; este detalhe ajudava a remeter o empreendimento à aura da vida na cidade de São Paulo, onde este tipo de calçamento encontra-se difundido pela cidade.

 
Os proprietários, cientes de meu trabalho em estamparia de tecidos, incumbiram-me de criar dois tecidos, que foram utilizados nos jogos americanos e também na confecção de lindas passadeiras de mesa.


O primeiro tecido ilustra um jogo americano, tendo como centro de atenção um prato repousando à mesa com o logo do empreendimento. Digamos que o desenho é uma metáfora de um jogo-americano.


O segundo desenho ilustra o trigo, misturado ao logo.

22 de jun de 2011

Username: sofisticação


Jóias grandes, com articulações e movimento e que conectem com poderes da natureza - esta é a proposta de Letícia Linton,da LBL Design.


Suas jóias são extremamente sofisticadas e estão presentes nos braços, mãos, orelhas e colos de diversas celebridades no Brasil e mundo afora.

Desenvolvi para ela uma fita em jacquard, deslumbrante, nas cores de sua marca. O fundo é roxo, as extremidades são adornadas por um pesponto em amarelo e o centro da fita é bordado com as insígnias da LBL, em roxo também, proporcionando um efeito de marca d'água.

Fiz também para a joalheria um tecido marca d'água em fundo roxo, com o logo aplicado em todo ele. É utilizado pela LBL para confeccionar uma almofada, sobre a qual é colocada a caixinha que leva as jóias.

20 de jun de 2011

Tu me ensina a fazer renda, eu te ensino a embalar!

Realizei um trabalho de concepção visual e programação visual muito interessante para a designer de roupas de luxo MARTHA MEDEIROS. Ela faz vestidos, bolsas e acessórios, usando como matéria prima a renda renascença - tipicamente brasileira. Martha é de Maceió e trabalha com cooperativas de rendeiras - quase 200 mulheres - à beira do rio São Francisco.


Suas criações vestem mulheres das mais famosas aqui no Brasil e também são enviadas para o Oriente Médio, Estados Unidos, Inglaterra, Portugal e Alemanha.


Certa feita, fui chamado pela então pessoa responsável pelo marketing da grife, para fazer uma simples etiqueta. Acabei não só fazendo a etiqueta, como também a fita que embala os presentes (em jacquard); o galão-pendurador de roupas (também em jacquard) e as sacolas e caixas da loja que, modéstia à parte,  ficaram um arraso!
Eu criei a programação visual das caixas e sacolas baseado em uma amostra de renda fornecida pela cliente.


Garanti a unidade visual das peças solicitadas, utilizando a mesma cartela de cores em tudo: o próprio tom off white dos papéis empregados nas caixas e sacolas e a hot stamp da logomarca da cliente na cor carvão. Fiz a transposição dessas cores para as peças em jacquard. O detalhe charmoso das peças em papel é que foram impressas em alto relevo, oferecendo a mesma sensação tátil e visual da renda.


18 de jun de 2011

Construindo o DNA de uma marca

SELO DE CONTROLE é uma marca de sapatos bastante conhecida de um público feminino determinado: nada de scarpins! Eles são bem autorais, utilizando sempre couros em diversas cores, muitas vezes em combinações não convencionais. Os saltos são, em sua maioria, quadrados.


Faço as etiquetas que são utilizadas nos sapatos há muitos anos.


Há questão de um ano, fui chamado pelos donos para desenvolver uma série de tecidos que seriam usados, principalmente, de uma forma inovadora - na sola dos sapatos da marca. Eles já utilizavam para este trabalho um outro tipo de material estampado. O desafio era justamente colocar um tecido bordado. Fiz sete estampas diferentes, que foram aprovadas e produzidas e hoje enfeitam os sapatos da marca.

Este é um dos tecidos que desenvolvi para a marca

Editorial da revista LOLA, Fevereiro 2011, com sapato da marca SELO DE CONTROLE, feito com  meu tecido jacquard.

Outro trabalho importante para eles: fiz uma etiquetinha redonda, em borracha auto-colante, utilizando o logo da marca e que é aplicada na base dos sapatos, para garantir a autenticidade do produto (é chamado de DNA da marca). Os seus sapatos estavam sendo muito copiados por outros fabricantes e, por isso, eles precisavam de algo que indicasse a procedência do sapato.


Também fiz uma plaquinha em metal, com o logo da marca vazado que é utilizado para adornar as bolsas da marca, que começaram a ser feitas por volta de um ano. Esta plaquinha é pendurada em um cordão de couro e colocada externamente em todas as suas bolsas.


16 de jun de 2011

Eu vejo (mega) flores em você

Desenvolvi o tecido "mega flores" para BIANCA RANUCCI. Um trabalho que já se mostrava lindo, desde o primeiro esboço da estampa que serviu de base para se fazer a arte-final...

Desse tecido maravilhoso!


Que também foi a inspiração para o convite da coleção.

Rendendo excelentes editoriais de moda em revistas.


E ganhando destaque em sites badaladíssimos!


14 de jun de 2011

Just like a Princess

 

Certa ocasião a marca PRINCESS, que produz roupas e acessórios femininos e para quem faço as etiquetas, pediu-me para criar uma frase que remetesse ao trabalho dela e que, a princípio,  seria usada para fazermos fitinhas para serem ofertadas às clientes da loja, no estilo "fitinhas do Senhor do Bonfim". Ela acabou não fazendo as tais fitas, mas usou minha idéia para estampar as vitrines de suas lojas, na época, na rua Oscar Freire e Shopping Pátio Higienópolis, hoje tem também no Shopping Iguatemi. Fotografei a vitrine da Oscar Freire para deixar registrado o meu trabalho de concepção de criação: "Just like a Princess"!

12 de jun de 2011

Feras à solta

As onças estão por toda a parte: em casacos, calçados, bolsas e adereços... E invadiram também a coleção outono inverno da Le Lis Blanc 2011. Desenvolvi dois tecidos de onça para a grife. Um bem tradicional e o outro bastante diferenciado.


Capturei algumas dessas feras, com o meu iphone, na vitrine da loja!


10 de jun de 2011

Está chovendo abacaxi


O abacaxi já era cultivado pelos indígenas em extensas regiões do Novo Mundo, antes do descobrimento. Mas foi em um tecido, que desenvolvi para a  LENNY & CIA, do renomado designer LENNY MATTOS, que a fruta encontrou a sua mais bela representação. O designer criou uma linda bolsa com esse material.


Lenny Mattos fez uma homenagem aos seus funcionários em seu catálogo de produtos. A foto acima mostra em primeiro plano um de seus fiéis escudeiros, em plena linha de produção, ao lado de um um dos modelos de bolsa com nosso tecido Abacaxis. Bela homenagem. Bela foto.

8 de jun de 2011

Jacquard com conteúdo adulto!

Desenvolvi um material muito interessante para a designer de sapatos e bolsas Paula Ferber, hoje adotando o nome de Paula Villalonge.

Trata-se de um tecido com um nome nada sutil: "suruba". Segundo a estilista: "O Brasil começou com uma grande suruba", referindo-se à grande mistura de raças que resultou no povo brasileiro. Podemos conferir na estampa, toques de Kama Sutra e objetos encontrados em sex shops.


Paula lançou a estampa e foi um sucesso.


Fez sapatos e bolsas incríveis, chegando a colocar o tecido em um pufe de sua loja.